llha do Campeche – paraíso ecológico e arqueológico

São mais de 167 sinalizações rupestres distribuídas em 14 sítios arqueológicos com gravuras esculpidas nas pedras, além de nove oficinas líticas usadas pelos antigos para produzir, afiar e polir instrumentos.

Localizada a sudeste da Ilha de Santa Catarina (a porção insular de Florianópolis), a cerca de 2 km da Praia do Campeche, a Ilha do Campeche, além de possuir uma praia paradisíaca, abriga um enorme patrimônio arqueológico.

Tudo isto está distribuído numa área de apenas 500 mil metros quadrados.  É a maior concentração de monumentos rupestres do Atlântico Sul.

Os desenhos encontrados ali tem 14 formatos distintos, sendo 12 deles geométricos. Muitos desenhos apresentam características encontradas apenas no litoral catarinense.

O significados destas inscrições ainda é um mistério para os pesquisadores , suscitando muitas hipóteses. Estes são vestígios de civilizações que viveram ali há mais de dois mil anos, conhecidos como “Homens do Sambaqui”.

Em reconhecimento a sua importância histórica e arqueológica, O Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional IPHAN, tombou a Ilha do Campeche em julho de 2000 como patrimônio arqueológico e paisagístico brasileiro.

Os primeiros europeus que ali tiveram fizeram muitas detonações com dinamite, destruindo muitos sítios arqueológicos em busca de tesouros que nunca encontraram.

Anúncios

Um comentário sobre “llha do Campeche – paraíso ecológico e arqueológico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s