CURSO DE FOTOGRAFIA DE NATUREZA NO TOCANTINS

Arara-canindé (Ara ararauna), Santuário da Vida Selvagem Agua Fria

Arara-canindé (Ara ararauna), Santuário da Vida Selvagem Agua Fria

De 21 à 24 de maio o fotógrafo Zé Paiva vai ministrar um curso de fotografia de natureza no Santuário da Vida Selvagem Água Fria. No curso o experiente e premiado fotógrafo irá ensinar técnicas para fotografar paisagens, flora, fauna e macro. Além disso falará sobre seus projetos, mostrará trabalhos dos fotógrafos que lhe inspiram e discorrerá sobre os aspectos artísticos da fotografia. No curso Paiva irá entremear abordagens teóricas com saídas a campo para os alunos porem rapidamente na prática os conhecimentos transmitidos.

Parque Estadual do Lajeado

Entardecer no Parque Estadual do Lageado

O Santuário da Vida Selvagem Água Fria fica localizado numa área de 7.500 hectares no município de Guaraí no estado do Tocantins, à 206 quilômetros ao norte de Palmas, capital do estado. Está situado num ecótono (região de transição) entre o Cerrado e a Floresta Amazônica, contígua à grande área do Ribeirão Tranqueira, perfazendo um total de mais de 100.000 hectares. Esta área é considerada de alta importância biológica pelo MMA, um dos últimos maciços verdes no Estado do Tocantins, um hot-spot do cerrado amazônico tocantinense.

Os alunos ficarão hospedados em meio a belíssima natureza local no Aratama Eco Lodge, localizado na mesma área do Santuário.

Percevejos da familia "Coreidae" (adulto e ninfas)

Percevejos da familia “Coreidae”

Mimosa sp.

Mimosa sp.

Serviço

Data: 21 a 24 de Maio de 2015.

Local: Santuário da Vida Selvagem Água Fria, Guaraí – TO. Rodovia BR 153, km 302 (entre as cidades de Guaraí e Presidente Kennedy – TO).

Vagas: 20 participantes.

Público Alvo: fotógrafos iniciantes, fotógrafos das agências públicas e privadas, profissionais da área de meio ambiente e amantes da fotografia em geral que tenham interesse em aprender e aprimorar suas técnicas de fotografia.

Pré-requisitos

 · Ser maior de 18 anos.
· Conhecimento básico de fotografia (velocidade, abertura do diafragma) e possuir câmera fotográfica digital que permita regulagem manual.
· Ainda que as atividades práticas sejam leves e não exijam grandes esforços físicos, é desejável um mínimo de preparo físico e experiência em situações de vida ao ar livre.
· Espírito de equipe, gosto por aprender, compartilhar experiências e conhecer pessoas e lugares.

Conteúdo Programático

1º dia de aula – 9h-12h e 14h-18h

No primeiro dia serão abordados aspectos teóricos em sala de aula, tais como:

• história da fotografia de natureza e de expedições

• estudo dos trabalhos autorais de mestres da fotografia de natureza

• apresentação dos equipamentos usados pelo professor

• análise dos equipamentos existentes no mercado.

A tarde haverá uma saída a campo das 16h às 18h para cumprir uma pauta sugerida pelo professor.

2º dia de aula – 6h-12h e 14h-19h

6h-9h – saída a campo para prática fotográfica

9h-10h – café da manhã

10h-12h – aula em sala – análise das fotos obtidas pelos alunos

12h-14h – almoço

14h-16h – aula em sala

16h-18h – saída a campo para prática fotográfica

Serão abordados os seguintes tópicos:

• comportamento dos animais

• iluminação natural e artificial

3º dia de aula

6h-9h – saída a campo para prática fotográfica

9h-10h – café da manhã

10h-12h – aula em sala – análise das fotos obtidas

12h-14h – almoço

14h- 16h – aula em sala – macrofotografia de plantas e insectos.

16h-18h – saída a campo para prática fotográfica

4º dia de aula

6h-9h – saída a campo para prática fotográfica

9h-10h – café da manhã

10h-12h – análise das fotos dos alunos

12h-14h – almoço

14h – 18h – aula em sala abordando elementos visuais na composição da fotografia e edição de fotos

Observações:

• O que o aluno deve trazer – câmera reflex, tripé, material para limpeza das lentes, baterias e cartões de memória, carregadores, lanterna, capa de chuva, cantil, tênis ou bota para trilha, chapéu, protetor solar e repelente.

• O professor sugere que o aluno leve notebook com o software Adobe Lightroom ou similar para melhor aproveitamento do curso

• Carga Horária: 35h/aula

• Eventualmente podem haver projeções de filmes e fotos a noite.

Inscrições:
 R$ 800,00 à vista (inclui hospedagem e alimentação) ou R$ 900,00 que pode ser parcelado em três vezes.
José Luiz Martins (Zé) Paiva trocou a engenharia pela fotografia após uma longa viagem pela Europa e norte da África, em 1983. Iniciou na sucursal do jornal “O Globo” em Porto Alegre. Aprimorou seus estudos em 1993 no International Center of Photography, em Nova Iorque. Em 2012 concluiu sua pós graduação em fotografia pela UNIVALI. Ensinou fotografia na UDESC, FURB e ESPM. Realizou exposições nas principais cidades do Brasil e recebeu diversos prêmios, entre eles o Raulino Reitz, da Fundação Do Meio Ambiente de Santa Catarina, em 2002, e menções honrosas no International Photo Awards, em Nova Iorque, em 2005, 2006 e 2012, e no Prix de La Photographie, em Paris, em 2007. Em 2009 foi selecionado para a coleção Pirelli / MASP de fotografia. Em 2010 foi finalista do prêmio Conrado Wessel. Em 2012 recebeu o prêmio Marc Ferrez da FUNARTE. Em 2004, lançou o livro Santa Catarina – cores e sentimentos, pela editora Escrituras. Concebeu e coordenou o projeto do livro Expedição Natureza Santa Catarina, lançado em 2005. Em 2008 lançou o segundo livro da série, Expedição Natureza Gaúcha. Em 2012 lançou o terceiro livro da série Expedição: a Natureza do Tocantins.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s