Expedição Fotográfica Amazonas 2020

Prancheta 87 cópia-80

Bem vindo à nossa primeira expedição embarcada, que vai desbravar o Rio Amazonas, o Rio Negro e o 2º maior arquipélago fluvial do mundo: o majestoso Parque Nacional de Anavilhanas!

São cerca de 400 ilhas e 60 lagos numa área de aproximadamente 3.500 Km². Por isso é considerado o coração do baixo Rio Negro. A área protege vários ecossistemas entre eles as florestas de terra firme e os igapós – florestas alagadas. Suas principais atrações são os botos-cor-de-rosa, os peixes-boi, a abundante avifauna (214 espécies segundo o site wikiaves) e as trilhas em igapós.

Mas isso é só o começo! Venha conhecer a cultura e a gastronomia local, participar de avistagem noturna de jacarés, visitar aldeias indígenas tradicionais e muito mais!

Saiba mais sobre o Parque Nacional de Anavilhanas:

Site oficial

Vídeo institucional


Roteiro

1º dia – Terça-feira – 9 de Junho

RIO AMAZONAS:

> Embarque às 10:00 horas em ponto. Importante chegar um dia antes em Manaus para não perder o embarque! Partida da Marina do Davi, em Manaus (próximo ao Tropical Hotel):

  • Apresentação da  tripulação e distribuição das cabines.
  • Breve reunião para conhecer o barco e informá-lo sobre o que nos espera nos próximos dias.

> Manaus do rio: embarcados, começamos a navegar para o leste, através do maior sistema fluvial do planeta.
Veremos os principais prédios históricos e paisagens da cidade de Manaus:

  • A praia fluvial de Ponta Negra;
  • A cúpula do Teatro Amazonas;
  • O trabalho colossal de engenharia do porto flutuante;
  • As casas típicas sobre palafitas;
  • O Mercado Municipal Adolpho Lisboa.

> Parque Ecológico de Janauari: Continuamos navegando pelo Rio Negro e seguimos para o parque, onde veremos as típicas casas flutuantes.

> Almoço: (incluso) Vamos fazer a refeição em um restaurante regional flutuante onde podemos apreciar a gastronomia e o artesanato local. Caminhando ao longo de uma passarela suspensa, iremos contemplar a flora e fauna abundantes destas águas barrentas como, por exemplo, a vitória régia.
*As outras refeições serão feitas a bordo.

> Encontro das Águas: Continuaremos navegando para o espetacular fenômeno natural do encontro das águas, lugar onde as águas do Rio Amazonas (barrentas) e as do Rio Negro (escuras) correm paralelas sem se misturarem por quilômetros. Vamos visitar uma aldeia flutuante e um lugar curioso onde eles levantam o gigantesco peixe pirarucu.

> Pôr do Sol: de volta ao barco, subiremos o Rio Negro em direção ao oeste, observando o pôr do sol.

> Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Negro: Ao entardecer, chegaremos na Reserva, porta de entrada para o Parque Nacional de Anavilhanas.

 

2º dia – Quarta-feira – 10 de Junho

RESERVA PALMEIRAL  e RIO ARIAÚ:

> Reserva Sítio Palmeiral: Caminhada na floresta, aonde iremos realizar as seguintes atividades:

  • Observar e aprender técnicas milenares de sobrevivência: caça, coleta de frutas silvestres, plantas medicinais e técnicas de orientação.
  • Conhecer a seringueira, árvore de onde é extraído o látex, e aprendermos como é feito o processo de extração do mesmo.

> Aldeia Tukano/Tatuyo: Navegação até aldeia indígena e visita à maloca (tradicional casa de palha) para apresentação do ritual com a Xamã da tribo. Essa aldeia indígena de 9 famílias faz parte de um grande grupo de 26 grupos etnias originárias das fronteiras do alto rio Negro.

> Lago Acajatuba / furo grande: navegação até o lago.

> Botos-cor-de-rosa: Observação e banho com espécie de boto de água doce endêmica da região amazônica. Vivem nos rios e igapós amazônicos e neste local se aproximam dos pescadores que oferecem peixes. Os animais vivem livres no rio – não estão presos. O número de visitantes está regulado por organismo ambiental – ICMBIO.

> Rio Ariaú: navegação através deste rio que se forma nas margens do Rio Amazonas (Solimões) e flui através de lagos e canais naturais até o Rio Negro, oferecendo assim a oportunidade de conhecer a flora e fauna dos dois ambientes:

  • Amazonas – águas barrentas e ricas em minerais.
  • Rio Negro – águas ácidas e escuras pobres em matéria orgânica e ricas em taninos.

> Árvore gigante Samaúma: No passeio no Rio Ariaú vamos fazer uma parada para conhecer e apreciar esta majestosa beleza da natureza.

> Observação de vida selvagem: vamos fazer essa atividade em um passeio noturno com uma canoa motorizada.

 

3º dia – Quinta-feira – 11 de Junho

ARIAÚ e LAGO TUCUMÃ:

> Amanhecer do dia no Rio Ariaú.

> Observação de vida selvagem: Passeio em canoa motorizada para observação de fauna e flora típica da região. Neste passeio é possível a avistagem de animais como: guaribas, macacos-de-cheiro, macaco-aranha, bicho-preguiça e uma infinidade de pássaros como papagaios, jaçanãs, garças, cardeais e ciganas.

> Parque Nacional de Anavilhanas: Em seguida, adentraremos no Parque. Uma das características que surpreende os visitantes é a quase ausência de mosquitos devido a suas águas acidas que não permitem a proliferação das larvas.

> Aldeia dos Índios Bare: Vamos navegar para a comunidade da Terra Preta, onde visitaremos a aldeia:

  • Veremos como eles cultivam a mandioca, como ela é processada para obter farinha, goma, tapioca, alimentos básicos para sua alimentação.
  • Também conheceremos inúmeras espécies de árvores frutíferas que eles cultivam, como Açaí, Buriti, Tucumã, Pupunha, Banana, etc.
  • Na aldeia, podemos comprar alguns artesanatos locais feitos pelas mulheres Bare.

> Observação de vida selvagem: Passeio ao entardecer para observação de fauna, flora e o especial ecossistema de Igapó: O segundo maior arquipélago fluvial do mundo, que está dentro do Parque Nacional de Anavilhanas.

> Observação de jacarés e céu noturno: Passeio noturno em barco motorizado nos lagos e ilhas do arquipélago de Anavilhanas, morada do grande jacaré-açu. Momento ideal para admirar os milhões de estrelas das constelações do hemisfério sul.

 

4º dia – Sexta-feira – 12 de Junho

TUCUMÃ e MUCURAS:

> Lago Tucumã: Caminhada na floresta dos entornos do lago, aonde iremos observar a fauna e flora típica da região do Rio Negro.

> Banho de cachoeira: No percurso da caminhada vamos chegar a um afluente com uma pequena cachoeira. Um lugar mágico onde é possível tomar banho (em função do nível das águas).

> Observação de vida selvagem: Passeio em canoa motorizada para observação da fauna do imenso arquipélago fluvial de Igapó, que une as bacias dos rios Mucuras e Cuieras, onde vive a temida enguia elétrica e também palco de muitas lendas locais. Nessa região também é possível observar tucanos e araras devido a grande quantidade de palmeiras açaí, buriti e tucumã.

> Passeio noturno: Vamos sair novamente com uma canoa motorizada pelo Igapó para aguçar nossos sentidos e “observar” com nossa audição os sons da natureza.

 

5º dia – Sábado – 13 de Junho

MUCURAS e MANAUS:

> Saída de Mucuras: Vamos começar nosso retorno a Manaus.

> Banho de cachoeira ou de praia de rio: Vamos parar para tomar um banho em alguma praia ou Cachoeira do Arara (em função da época de baixo nível dos rios).

> Desembarque: Chegada as 13:00 horas (dependendo das condições meteorológicas e nível dos rios).


O que está incluído:

  • Orientação fotográfica de Zé Paiva.
  • Guia naturalista bilíngue.
  • Acomodação durante toda a expedição em barco regional em cabines com beliche ou cama de casal, com banheiro compartilhado.
  • Lençóis e toalhas no barco.
  • Excursões como descritas no roteiro.
  • Todas as refeições (café da manhã, almoço, jantar).
  • Água mineral, chá e café.
  • Uso de caiaques.
  • Capitão, marinheiros, cozinheiro e ajudante de cozinha.
  • Permissões e taxas de entrada no Parque Nacional.

O que não está incluído:

  • Passagens aéreas e transfer de chegada e partida em Manaus.
  • Hotel em Manaus.
  • Gorjetas, bebidas e telefonemas.
  • Seguros e demais serviços não mencionados.

Sobre o barco:

Barco de estilo amazônico tradicional preparado para expedições fluviais, priorizando em sua construção espaços comuns abertos, que nos permitem uma maior conexão e integração com a natureza que nos rodeia.

ECOLOGIA: Sua principal característica é o cuidado com o meio ambiente, baixo nível de ruído, energia elétrica fornecida por painéis solares e baterias, tratamento de efluentes, coleta seletiva de lixo.

02ta484-e1576106136312.jpg
Parque Nacional de Anavilhanas –  Foto de Tales Azzi / Pulsar Imagens

Inscrições:

A. Pagamento por depósito bancário:

Total por pessoa em quarto duplo: R$ 5.144,00 à vista em até 7 dias após a data da reserva ou até 13/03/2020, o que ocorrer primeiro;
Ou: R$ 5.298,00 parcelado. A última parcela deve der depositada até 30/04/2020.

Total por pessoa em quarto individual: R$ 8.890,00 à vista em até 7 dias após a data da reserva ou até 13/03/2020, o que ocorrer primeiro;
Ou: R$ 9.157,00 parcelado. A última parcela deve der depositada até 30/04/2020.

B. Pagamento com cartão de crédito via PayPal:

Total por pessoa em quarto duplo: 4 x R$ 1.415,00

Total por pessoa em quarto individual: 4 x R$ 2.445,00

 

Prazo para inscrições: 24 de Abril de 2020.

VAGAS LIMITADAS! Grupo máximo de 9 e mínimo de 5 pessoas.
Saída com grupo menor garantida mediante valor adicional. Consulte-nos!

 

clique aqui - reserva NOVO-28

 

Fotógrafo Zé Paiva

Trocou a engenharia pela fotografia em 1984 e desde então viaja pelos quatro cantos do mundo criando imagens. É pós graduado em fotografia pela UNIVALI. Já ensinou fotografia na ESPM, UDESC e FURB. Autor dos livros Expedição Natureza Catarina, Natureza Gaúcha e Natureza Tocantins. Suas fotos foram selecionadas para a coleção Pirelli MASP em 2009. Em 2012 recebeu o Prêmio Marc Ferrez da FUNARTE.

Contato:

Renata Asprino
E-mail: renata@braziltrails.com
Telefone: 48 3232 5747
WhatsApp: 48 99127 4558  whatsapp

Realização:
        


Política de cancelamentos: Veja aqui.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: