O projeto “Iluminados – personagens da Ilha de Santa Catarina” recebeu o Prêmio FUNARTE Marc Ferrez de Fotografia em 2012. Foi exibido em 2013 no Museu de Arte de Santa Catarina, em Florianópolis SC, com curadoria de Denise Camargo.

Texto da curadora

Foi o exercício do autorretrato que fez este Iluminados de Zé Paiva brotar. Da pose para si mesmo, ele se levanta de uma cadeira – que foi de sua bisavó – para fotografar estes que, como ele, são personagens da Ilha de Santa Catarina. Afinal, este gaúcho leva trinta anos em terras catarinenses e já compartilha, mesmo, de um saber local.

Zé Paiva compõe com rastros de luz. São eles que iluminam as histórias destes homens e mulheres marcados por seus ofícios. Extáticos durante o tempo necessário, eles se deixam retratar. Ou seja, vão todos embrenhados e cúmplices na temporalidade da fotografia com luz de lanterna.

Personagem e fotógrafo se revezam, assim, no lance das pinceladas que compõem uma pintura delicada, mistura de técnica e expressividade. E, entre poses e cenários, ressaltam a natureza das pessoas e de suas coisas.

Propõem um justo jogo entre objetividade e subjetividade, no limite entre documento e ficção. São heranças indígenas aprendidas pelos imigrantes açorianos, como a tecnologia da farinha de mandioca e o feitio da canoa de um pau só, entalhada na madeira de garapuvu, árvore símbolo de Florianópolis – uma verdadeira engenharia caiçara. 

Zé Paiva, que trocou a engenharia pela fotografia, escava imaginários de músicos, cozinheiras, artesãos, pescadores, benzedeiras e os sintetiza em imagem única; revela uma paisagem para seus olhos e a oferece aos nossos.

Ele desbrava a paisagem-pose de seus retratados, tão simples quanto os chinelinhos que calçam, tão dignos quanto a firmeza dos pés trabalhados na lida, tão potentes quanto as mãos que construíram histórias e identidades.

Esta fotografia de Zé Paiva não é apenas para mera contemplação. Ela traz um patrimônio a preservar. Participar desta colheita, que, de mais a mais, lhe rendeu o XII Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia 2012, é um prazer que agradeço a este fotógrafo luminoso.

Denise Camargo, curadora

outono de 2013