Família Renz

A convite da Mútua - Rede de Reciprocidade fui conhecer a propriedade agroecológica da Família Renz, em Cerro Grande do Sul. O dia não podia ser mais lindo, aquela luz de inverno, baixa e quente. A hospitalidade da família também não podia ser maior, mesmo em meio a pandemia nos receberam, sem abraços e beijos,... Continuar Lendo →

Quarentena contemplativa

Passei os primeiros 40 dias da quarentena (literalmente) em Viamão, no Rio Grande do Sul, no centro budista CEBB Caminho do Meio. Lá, tive a oportunidade de acompanhar o trabalho da Mútua Rede de Reciprocidade. A Mútua começou com projetos de educação ambiental nas escolas de Porto Alegre, introduzindo o conceito de alimentação saudável através de hortas... Continuar Lendo →

Filhos de Sepé

A agricultura convencional baseada em agrotóxicos e insumos químicos domina o mundo. Em 2013, a média de consumo no Brasil foi de 7,6 litros de veneno/pessoa/ano, segundo a ABRASCO*. A agricultura orgânica (predominantemente familiar) ocupa apenas 940 mil hectares das terras no Brasil, enquanto a agricultura convencional usa 240 milhões de hectares. No entanto o... Continuar Lendo →

Transtorno de deficit de natureza

O jornalista Richard Louv cunhou o termo "transtorno de deficit de natureza" para explicar a falta de contato que as pessoas estão tendo com os ambientes naturais e suas consequências. Muitas vezes problemas como deficit de atenção ou hiperatividade podem ser somente falta de contato com a natureza. Em algumas escolas americanas constata-se a alarmante... Continuar Lendo →

Encontros com homens notáveis

Na recente viagem que fiz aos Estados Unidos, entre julho e agosto, encontrei com alguns homens notáveis. O título deste post inspirou-se no livro homônimo do mestre armênio do início do século XX, Gurdjieff. Na verdade também é uma forma de homenagear estes mestres que tive a felicidade de encontrar. Kazuaki Tanahashi O primeiro encontro... Continuar Lendo →

Dul-tson-kyil-khor, a mandala de pó colorido

Durante oito dias o monge Tenzin Thutop, do Mosteiro Namgyal de Ithaca NY, trabalhou construindo uma mandala de areia, uma antiga prática do budismo tibetano. No oitavo dia, para surpresa e admiração dos nossos olhos ocidentais, ele tranquilamente desmanchou a mandala, depois de algumas preces, distribuiu alguns punhados de areia para o público e jogou... Continuar Lendo →

O DNA da paisagem

O  livro Expedição Natureza Gaúcha estará na Biblioteca do Fórum Internacional de Livros de Autor, dentro do 5º FestFotoPoa, que acontece de 6 de abril a 1º de maio de 2011. Leia na íntegra o brilhante prefácio do livro, escrito pelo doutor em ecologia da paisagem, professor Rualdo Menegat: A identidade de cada pessoa é... Continuar Lendo →

Botando banca na ESPM

Sábado passado, fui a Porto Alegre para participar da "banca" da quarta turma do curso avançado de fotografia digital da ESPM. Banca entre aspas, porque na verdade não iríamos dar nota para os trabalhos. A intenção era mais apontar possíveis caminhos e comentar os portfólios resultantes do trabalho de conclusão do curso. O nível geral... Continuar Lendo →

A Kombi

Estava voltando do Canela Foto Workshops, na Serra Gaúcha, quando resolvi parar no Café Tainhas, em Cambará do Sul. Desço do carro e encontro saindo do Café Fernando Bueno, o mentor do evento, acompanhado do mestre Evandro Teixeira, Dudu Contursi, Cadão Chaves (editor de fotografia da Zero Hora) e Rogério Reis (Tyba RJ). Eles estavam... Continuar Lendo →

Vida em comunidade na Revista Bodisatva

A revista Bodisatva é uma publicação do Centro de Estudos Budistas Bodisatva CEBB, coordenado pelo Lama Padma Samten, ex-professor de física quântica e primeiro Lama brasileiro. Neste exemplar, a convite do Lama Samten, escrevi um artigo contando como o conheci em 1982, na época professor Alfredo Aveline, na comunidade fundada por ele num sítio em... Continuar Lendo →

Dia da Árvore

No dia das majestosas esculturas do tempo - as árvores - uma singela homenagem deste fotógrafo: Calma, calma, árvore de ar risonho. O que rápido surge se desfaz como sonho. Só lentamente pode o nobre revelar-se, só lentamente pode o duradouro formar-se. Fritz Müller (naturalista alemão que viveu em Santa Catarina no século XIX -... Continuar Lendo →

Fome e propaganda

Depois que vi o trailer de Garapa, o novo filme-documentário do diretor José Padilha, fui investigar o problema da fome no mundo e fiquei pasmo. Segundo a ONU chegamos na marca de 1 bilhão de pessoas que passam fome no mundo, ou seja, quase uma de cada seis pessoas passa fome. Vivemos tão imersos na... Continuar Lendo →

HOME, um filme de Yann Arthus-Bertrand

O grande fotógrafo francês Yann Arthus-Bertrand, que já havia nos deleitado com o livro "A terra vista do alto" agora nos brinda com um documentário longa-metragem simplesmente maravilhoso. Além de belíssimas imagens aéreas de vários lugares do mundo um roteiro primoroso que prende do início ao fim. Mas não se iludam com a minha descrição pois o... Continuar Lendo →

Lápis do olho

Por: Fábio Brüggemann Leia na íntegra o maravilhoso prefácio do escritor e editor Fábio Brüggemann para o livro Expedição Natureza - Santa Catarina. O lápis do olho Ao ver o material bruto que resultou na limpidez deste álbum, a primeira indagação que me surgiu foi: por que um sujeito resolve sair de casa, carregar pesados... Continuar Lendo →

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: